Notícias

Com proposta rejeitada, servidores aprovam estado de greve e agenda de ações

Em assembleia nesta quarta, dia 27 de março, os Servidores e Servidoras Municipais rejeitaram a resposta apresentada pelo Executivo Municipal. Os presentes pedem uma nova reunião ou uma nova proposta.

Com a insatisfação do conteúdo do documento enviado pelo Prefeito Municipal, os presentes definiram entrar em estado de greve. Essa postura se manterá até a próxima sexta, dia 05 de abril, que é o prazo limite que a categoria irá esperar nova resposta.

Para o presidente do Sindiscam, Dione Clei Valério, a categoria está revoltada pelos comentários depreciativos à classe. “A culpa da situação financeira, dos problemas de gestão continuam sendo repassados para as nossas costas, como se culpados fossemos. O Senhor Prefeito diz em veículos de imprensa que somos valorizados, que temos excelentes reajustes e outras coisas, sugiro procurar alguém no meio dos servidores que concorde com ele”, destacou.

Compartilhe nas suas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Confira nossas últimas postagens