Notícias

1 de junho de 2021

Prefeitura Justifica não pagamento dos 5,2% no auxílio alimentação e reagenda Reunião sobre a Data-Base

A Administração Municipal respondeu em ofício sobre o motivo do não pagamento do reajuste do auxílio alimentação combinado com a categoria (5,2%). Conforme Ofício 46/2021 do Gabinete do Prefeito, após cobrança do Sindiscam, foi o prazo apertado que não permitiu os trâmites necessários.

A correção da inflação de 5,2% sobre o vale alimentação aos servidores que já recebem o benefício tinha sido um acordo definido com a categoria nas negociações da Data-base deste ano e já era esperada para este mês.

Após o não pagamento na segunda-feira, o Sindicato entrou em contato para explicações. No documento recebido, a justificativa é o “exíguo prazo para elaboração do Projeto de Lei, envio e aprovação pela Câmara de Vereadores e ainda os ajustes necessários junto à empresa fornecedora do Vale-alimento para pagamento do novo valor, não foi possível a conclusão de todo o processo para pagamento nesta data”.

No mesmo documento, além de afirmar que haverá o pagamento do retroativo no mês que vem, reafirmou a concessão do auxílio-alimentação a todos/as os servidores a partir de janeiro, no valor de R$ 300,00.

NEGOCIAÇÕES DA DATA-BASE

A Prefeitura Municipal aproveitou o ofício para solicitar o reagendamento da reunião relativa às negociações da Data-Base 2021. Que, por conta dos desdobramentos da Covid-19, a reunião será no dia 07 de junho, com horário a confirmar.

Data-base

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *