Notícias

Servidores acatam proposta, mas negociações continuam em setembro

Em assembleia no final da tarde desta quarta-feira (11), os Servidores Municipais decidiram por acatar a nova proposta apresentada pelo Executivo. A assembleia aconteceu após a paralisação dos serviços públicos com manifestação em frente à prefeitura seguido de caminhada até a sede do sindicato.

A proposta apresentada, mantinha o reajuste de 2,84%, elevava o teto para o recebimento do auxílio alimentação a servidores que recebem até R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) e que deve atingir mais de 200 novos servidores. No documento, a gestão se compromete ainda ao pagamento do retroativo do ano de 2017 em janeiro de 2019 (parcelando o pagamento) e define um novo diálogo para o mês de setembro.

A assembleia teve a participação de diversos servidores, com manifestações de diferentes análises do cenário e da resposta apresentada pela Prefeitura.

Na avaliação do Presidente do Sindicato Dione Clei Valério, a proposta traz pouca melhoria, mas diante do cenário e da má vontade da gestão em ouvir o sindicato, aceitar a proposta acabou se tornando uma opção. ‘Foi uma das piores mesas de negociação da história do sindicato, somente hoje o Prefeito ouviu a comissão, a conversa antes era só por papel. Vamos seguir mobilizados, organizando a categoria para novos avanços’ disse Dione.

A resposta da assembleia dos servidores será protocolada nesta quinta-feira na Prefeitura Municipal.

Compartilhe nas suas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Confira nossas últimas postagens