Notícias

Em Assembleia, Servidores Públicos Municipais definem pauta de reivindicação

Neste sábado, 9 de fevereiro, em Assembleia Geral os/as Servidores Públicos Municipais de Campo Mourão definiram a Data-Base 2019. O documento aprovado conta com diversas cláusulas e será protocolado e solicitada a mesa de negociação junto aos Poderes Executivo e Legislativo Municipal.

Grande parte das cláusulas constam de reivindicações dos anos anteriores, já que não houve atendimento ou apresentação de um planejamento para atendimento, implementação e implantação.

Entre as cláusulas estão: reposição da inflação acumulada e reajuste salarial para a valorização do funcionalismo público em 7%, solicitação do envio imediato de projeto de lei para a Recuperação Financeira da Previdência Municipal dos servidores, a implementação da Tabela Única e Plano de Carreira do Magistério, adicional Periculosidade para Vigias e fiscais que se utilizam de motos, percentual de periculosidade aos Eletricistas com base em seus vencimentos, adicional aos agentes de saúde e endemias e também uma ampliação na Política de Segurança e Medicina do Trabalho, dentre tantas outras cláusulas de grande importância tanto para a vida pessoal como funcional dos servidores.

O retroativo de 2017 também fez parte de pedido, além de conversa com os Poderes, para que, especialmente o Senhor Prefeito cumpra o que assinou e prometeu, que seria o pagamento a partir de janeiro/2019.

Ainda entre as solicitações, está o pedido para a existência de uma mesa de negociação permanente entre os Poderes Executivo, Legislativo e o Sindicato para que conjuntamente sejam solucionadas demandas relacionadas aos servidores. Foram eleitos em assembleias os membros para essa comissão, e os que farão parte das negociações com a Administração Municipal.

O presidente Dione Clei Valério acredita que esse ano haverá avanços significativos nas negociações, ao contrário dos anos anteriores. “Esperamos ser ouvidos, esperamos que o Prefeito nos receba para uma conversa, queremos explicar todos os detalhes. Esperamos a sensibilidade, são os servidores que atendem toda a população, e não podemos ser tratados somente como números ou planilhas de gastos” comentou o Presidente.

Participaram diversos Servidores da Ativa do Executivo, Poder Legislativo, Autarquias, Fundações, Aposentados/as e Pensionistas, que deverão se reunir em assembleia novamente em março, após as tratativas da mesa de negociação, levando ao conhecimento da classe a resposta para que após a análise e discussão, aceite ou não a resposta.

Compartilhe nas suas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Confira nossas últimas postagens