Notícias

Projeto de Lei trará prejuízos a população e a piora nos serviços públicos

O prefeito Tauillo Tezelli, enviou na última quinta-feira (29/07), um projeto de lei à Câmara de Vereadores que propõe a extinção de cargos de servidores municipais. O tema já deve ser discutido nas próximas sessões.

O Projeto de Lei, que recebeu o número 62/2021, propõe a extinção dos cargos Auxiliar de Serviços Gerais, Ajudante Geral, Cozinheiro, Recepcionista de Unidade de Saúde, Telefonista e Vigia, que em vacância, não irão mais existir. Pela proposta, os cargos serão substituídos por serviços terceirizados.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiscam) se manifesta contrário ao PL 62/2021, afinal o emprego terceirizado apresenta condições precárias ao trabalhador no exercício de sua função, o que traz a piora no atendimento à população e na prestação dos serviços públicos.

As vagas não ocupadas por Servidores Públicos Concursados podem ser utilizadas como instrumento de lobby entre empresas ou pessoas que são apoiadoras de candidatos A ou B, que durante a campanha, usam do assédio e da perseguição para conseguir atrair votos ou apoio. Ações como essa, são um dos motivos de que a estabilidade é garantia no serviço público.

Não aceitamos a terceirização do serviço público!

Compartilhe nas suas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Confira nossas últimas postagens