Notícias

Sindiscam solicitou demandas para o Orçamento Municipal de 2022

A Diretoria do Sindiscam enviou ofício solicitando a inclusão das demandas da categoria no Orçamento Municipal de 2022. O documento foi endereçado ao prefeito Municipal Tauillo Tezelli no dia 13 de setembro.

O Ofício 60/2021 afirma que os itens já foram apresentados em data-base de 2020 e 2021, e se encontram pendentes. A entidade ainda listou os tópicos, reafirmando a necessidade de estarem presentes na Lei Orçamentária Anual do Município do ano que vem.

OS ITENS

  • Reposição da inflação 2019/2020, 2020/2021, bem como incluir a reposição para data base março de 2022 de acordo com o IPCA;
  • Continuidade da readequação de toda a Tabela de Vencimento do Quadro Geral dos Servidores, garantindo melhoria urgente para os cargos que as compõem, com a devida valorização da carreira e melhoria salarial;
  • Reenquadramento dos Escriturários da atual referência (VI) para referência VIII;
  • Implantação da Lei do Piso Nacional de Salário do Magistério em sua integralidade e com reajuste em janeiro de 2022 para toda a tabela de Vencimentos do Professor e Professor de Educação Infantil (Lei federal n. 11.738/2008), mantendo o poder aquisitivo dos salários;
  • Correção em 2022 da distorção salarial dos vencimentos do Cargo de Professor, Professor de Educação Infantil para com o Especialista da Educação (implantação da Tabela Única do Magistério);
  • Promover correção da distorção salarial entre os servidores celetistas e estatutários que desempenham mesma função/cargo, unificando valores do vencimento inicial dos estatutários com o salário base dos celetistas.

Compartilhe nas suas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Confira nossas últimas postagens